26 de jul de 2009

Utilize software livre!

Tenho lido vários artigos, falando dos prós e contras de se utilizar o sistema operacional X ou Y, onde para se valorizar as qualidades de um sistema, se aponta os erros dos outros. Pessoalmente, acho que todos tem seus vantagens e desvantagens e que o ideal é utilizar o sistema operacional, que atenda suas necessidades e que você tenha maior afinidade.
Assim por necessidade, afinidade e profundo amor, tenho utilizado em meus servidores e em meus desktops o linux ativamente, a mais de 05 anos, durante este periodo tenho participado de uma enorme gama de processos de migração de software proprietário, e na grande maioria das vezes também pirata, para o software livre, utilizando linux, no seu sabor Ubuntu como alternativa.
Durante este período e estas experiências, tenho percebido os fatores, ou motivos, que, a meu ver pesam bastante na migração de um usuário comum para linux, dentre os quais destaco:
  • Preconceito;
  • Preguiça;
  • Incompatibilidade com itens específicos, como gadgets, hardware, softwares, jogos;
  • Falta de suporte gratuito (amigo,parente ou conhecido)
  • Medo;
  • Hábito;
  • Interesses financeiros;
Mas estes são extremamente fáceis de serem contornados, quando diante deste processo ou projeto de migração, temos um lider, que conheça, utilize, domine e principalmente, consiga transmitir a seus pares, que este é um bom e confiável produto.
É claro que este tipo de trabalho, exige uma mudança enorme de conceitos e também existe muito didatismo por parte do líder da migração. Item este que é pouco comum, dentre os usuários mais xiitas.
Mesmo assim, tenho acompanhado pelo país, principalmente junto a área legislativa, da qual sou membro, uma enorme migração para o software livre. Dentre estas, gostaria destacar algumas casas legislativas do país, as quais utilizam em seus desktops e servidores, o linux como carro chefe. Estas podem ser conferidas neste link para o portal colaborativo do Interlegis.
Para quem não conhece, o Interlegis é um projeto do Senado Federal em conjunto com o PNUD, o qual tem por objetivo maior criar a comunidade legislativa brasileira. Utilizando como meios principal tecnlogia, educação e colaboração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parafraseando do ditado "quem conta um conto aumenta um ponto", aqui "quem comenta um post, aumenta um ponto"!